Cidades

A Cidade Flutuante dos Refugiados do Aquecimento Global


O controverso Arquitecto Belga Vincent Callebaut, criou um conceito de cidade tendo em conta um futuro ditado pela subida do nível dos mares. A Cidade flutuante nenúfar vai ser ocupada por aqueles a quem Callebaut chamou “refugiados do aquecimento global”.
A cidade flutuante, que terá capacidade para cinquenta mil habitantes, tem como material base as fibras de poliéster e titânio.
Será constituída por marinas, três montanhas-edifícios, jardins suspensos, quintas de aquacultura e uma lagoa artificial no centro, que funcionará como lastro e permitirá aumentar o volume de carena para um valor aceitável, assegurando a correcta flutuação da cidade.
A cidade funcionará com base em energias renováveis, nomeadamente energia eólica, energia solar, das marés e energia produzida por biomassa.

Comentários

Sem comentários.

Comentar