Materiais de Construção

Bactérias que Reparam Betão Armado


Um grupo de estudantes de Física das Construções da Universidade de Newcastle com espírito empreendedor, criaram uma bactéria capaz de reparar patologias em betão armado. Estas bactérias são produzidas através de manipulação genética e têm como característica particular o facto entrarem em acção apenas quando em contacto com o betão de cimento.
Quando activados, estes organismos microscópicos penetram através dos poros do betão e acumulam-se junto aos vazios e fendas, criando uma espécie de cola que tampona e cria coesão acrescida.

Claro que o leque de aplicações se restringe a situações específicas mas este produto, ainda em fase experimental, pode ser utilizado em situações nas quais não é possível utilizar técnicas tradicionais de reforço estrutural e injecção de betão.


Outros Artigos Interessantes:

Suspensos Combóios entre o Cais do Sodré e São Pedro
FCTUC com o Melhor Curso de Engenharia Civil
Escorregamento de Terras em Évora
A Dívida Incomportável às Empresas de Construção
As Piores Casas de Banho do Mundo - Tomo 1
Edifício em Buenos Aires Parte-se a Meio
Soluções de transporte vertical da ThyssenKrupp Elevadores marcam presença na Maker Faire Lisboa
Cobert aumenta resistência mecânica da telha Lusa

Comentários

  1. Site interessante.

    Por Samuel joane | 18 de Março de 2014, 11:11

Comentar