Pontes

Degradação de Pilares Ponte de Chamadouro no IP3

A ponte do IP3 que liga Mortágua e Santa Comba Dão encontra-se em risco considerável de ruir, tendo em conta o estado de degradação dos pilares. Uma vez que segundo o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), a reabilitação estrutural não é viável do ponto de vista económico, vai ser eventualmente necessário encerrar, proceder à demolição da ponte e construir uma ponte nova, estanto já em estudo alternativas ao atravessamento.
Com um tempo de vida mínimo esperado de 50 anos, a ponte teve, acordo com alguns especialistas, defeitos graves na sua construção e concepção, uma vez que alcançou apenas cerca de 70% dessa duração.

 

Nota: A imagem apresentada é apenas ilustrativa, não correspondendo à ponte referida no artigo.


Outros Artigos Interessantes:

O Edifício Impossível
As 30 Piores Instalações de Ar Condicionado - Parte 1
Tiger Stone em Acção
O Novo Edifício Apple
Painéis de Protecção para Furacão Irene
Ponte 25 de Abril com Patologias Estruturais
Sustentabilidade do Estádio do Dragão
MAP Engenharia abre delegação na cidade do Porto

Comentários

  1. Boa tarde!

    O pilar ilustrado na fotografia não pertence à “Ponte de Chamadouro”, como lhe chamam, no IP3. O nome correcto daquela ponte é Ponte da Foz do Dão, cujos pilares são completamente diferentes.

    Por Paula Santos | 13 de Agosto de 2012, 16:30
  2. Acho desonesto que para ilustrar a noticia de anomalias existentes na Ponte da Foz do Rio Dão,ponham uma foto de um pilar,bastante avariado, mas que pertence a uma outra ponte da barragem da Aguieira.
    Denuncia que o autor da notícia só pretende alarmar as pessoas que ignoram a realidade da situação !….Lamentável!…

    Por Orlando gonçalves | 25 de Agosto de 2012, 19:36

Trackbacks/Pingbacks

  1. […] https://www.engenhariaportugal.com/degradacao-de-pilares-ponte-de-chamadouro-no-ip3 […]

    ahbruto : Uma ponte perto demais! - 27 de Setembro de 2011

Comentar