Pontes

Degradação de Pilares Ponte de Chamadouro no IP3

A ponte do IP3 que liga Mortágua e Santa Comba Dão encontra-se em risco considerável de ruir, tendo em conta o estado de degradação dos pilares. Uma vez que segundo o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), a reabilitação estrutural não é viável do ponto de vista económico, vai ser eventualmente necessário encerrar, proceder à demolição da ponte e construir uma ponte nova, estanto já em estudo alternativas ao atravessamento.
Com um tempo de vida mínimo esperado de 50 anos, a ponte teve, acordo com alguns especialistas, defeitos graves na sua construção e concepção, uma vez que alcançou apenas cerca de 70% dessa duração.

 

Nota: A imagem apresentada é apenas ilustrativa, não correspondendo à ponte referida no artigo.


Outros Artigos Interessantes:

A Maravilhosa Casa Deslizante
Posicionamento Óptimo de Torres de Energia Eólica
Curso Ensaios em Pontes
Barragem de Veiguinhas Novamente Adiada
FCTUC com o Melhor Curso de Engenharia Civil
Frente Tejo em Processo de Extinção
A Casa de Madeira Sem Pregos
Deka Immobilien Compra Edifício Báltico por 43 Milhões de Euros

Comentários

  1. Boa tarde!

    O pilar ilustrado na fotografia não pertence à “Ponte de Chamadouro”, como lhe chamam, no IP3. O nome correcto daquela ponte é Ponte da Foz do Dão, cujos pilares são completamente diferentes.

    Por Paula Santos | 13 de Agosto de 2012, 16:30
  2. Acho desonesto que para ilustrar a noticia de anomalias existentes na Ponte da Foz do Rio Dão,ponham uma foto de um pilar,bastante avariado, mas que pertence a uma outra ponte da barragem da Aguieira.
    Denuncia que o autor da notícia só pretende alarmar as pessoas que ignoram a realidade da situação !….Lamentável!…

    Por Orlando gonçalves | 25 de Agosto de 2012, 19:36

Trackbacks/Pingbacks

  1. […] https://www.engenhariaportugal.com/degradacao-de-pilares-ponte-de-chamadouro-no-ip3 […]

    ahbruto : Uma ponte perto demais! - 27 de Setembro de 2011

Comentar