Ferrovias

Estação Évora Eliminada do TGV

Está a ser analisada pela Secretaria de Estado das Obras Públicas, a possível exclusão da estação de TGV de Évora de forma a que os custos da construção da linha sejam comportáveis e o projecto possa avançar. Outra das hipóteses colocadas na mesa, com o mesmo fim, é a eliminação da linha de mercadorias no troço Caia-Évora.
Entretanto já tiveram início as negociações com o consórcio construtor, liderado pela empresa Soares da Costa, de forma a reduzir de forma drástica, os custos actuais de 2 mil milhões de euros.

Comentários

  1. Económicamente falando,os ministros,falhados,gastaram os milhares de milhões de euros,em 25 auto estradas,perto de 2000kme encerraram perto de 800 km de linhas féreas retáveis,matando assim a CP.e Refer.Os ministro não sabiam que o COMBÓIO É O TRANSPORE TERRESTRE,MAIS SEGURO E RÁPIDO NO MUNDO.Nas estradas que construiram em 25 anos,morrem mais de 15000 passageiros,o que seria um grande cemitério.Como antigo chefe de combóio em 25 anos nunca morreu um passageiro .Sem dinheiro não se pode jogar!Só aumentando a divida e onstruir via unica de Ameixil, Elvas,uns 40km.Uma linha de Sines atÉ Elvas eletreficada,onde podem ter marchas de 200km/h o que já e´´ muito bom.s mercadorias explosivas ou perigosas terão metade da velocidade.A França e Alemanha,obrigaram Espanha e Pougal a mudar de bitola,devem fornecer rodados ou material circulante ao nosso Portugal falido.

    Por Muricio Arrais | 11 de Dezembro de 2011, 15:09
  2. Qual estação de Èvora eliminada do TGV.A LINHA DO ORIENTE,tem de ser em via única de Sines até ao Caia,Da estação de Estremoz construir uma linha até ao Caia uns 50km.Com carruagens modernas de dois pisos e vagons com o dobro da caixa,os combóios em circulação ficam reduzidos a metade.Assim a ponte 25 de Abril pode dar resposta,e não ser preciso uma ponte.A estação de Pinhal Novo seria o CENTRO FERROVIÀRIO DO SUL.Em Evora paragem de 5minutos,para revisão de material.Todos os lugares das carruagens com cintos especiais de segurança.Com material moderno a CP e Refer,começam a ter lucros.Metade das locomotivas,metade das carruagens,metade do pessoal de trens,menos tonelagem mais velocidade,menos consumo,em caso de acidente menos unidades envolvidas,mais fácil condução.Ex chefe de estação e de combóios na Estrela de Èvora,Mauricio Arrais,Abrantes 2/3/2012..

    Por Muricio Arrais | 2 de Março de 2012, 17:38
  3. Nova sugestão:O combóio TGV circular de Lisboa Oriente,até Marvão em bitola 1,668m a mais segura no Mundo.A fronteira de Marvão a mais antiga,6 de junho 1880,é a que fica mais próxima de Lisboa e de Madrid.Via dupla até Entroncamento,paragem de cinco minutos para revisão de material,e receber ligação do Norte,e via única até Marvão,seguindo para Madrid,em bitola 1,668m.Uma unidade dupla de dois pisos panorâmica seria o sufeciente.Menos unidades em circulação.Velocidade média 200km/h.Os combóios procedentes de SINES e SETUBALem dupla tração,pelas boas linhas do Alentejo,em bitola 1,435m,em direção á fronteira de Marvão,para seguirem para a Europa.Não é preciso a ponte faraónica,e mais 92km de linha de Evora a Elvas nem expropriações,caras na zona dos mármores.A velocidade de combóios com explosivos e mercadorias perigosas,una 90km/h.Todos os vagons modernos com o dobro da caixa,para 25 ou 30t por eixo.Ex chefe de estação e de combóios na estrela de Evora.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 6 de Setembro de 2012, 10:49
  4. Nova sugestão:O combóio TGV circular de Lisboa Oriente,até Marvão em bitola 1,668m a mais segura no Mundo.A fronteira de Marvão a mais antiga,6 de junho 1880,é a que fica mais próxima de Lisboa e de Madrid.Via dupla até Entroncamento,paragem de cinco minutos para revisão de material,e receber ligação do Norte,e via única até Marvão,seguindo para Madrid,em bitola 1,668m.Uma unidade dupla de dois pisos panorâmica seria o sufeciente.Menos unidades em circulação.Velocidade média 200km/h.Os combóios procedentes de SINES e SETUBALem dupla tração,pelas boas linhas do Alentejo,em bitola 1,435m,em direção á fronteira de Marvão,para seguirem para a Europa.Não é preciso a ponte faraónica,e mais 92km de linha de Evora a Elvas nem expropriações,caras na zona dos mármores.A velocidade de combóios com explosivos e mercadorias perigosas,una 90km/h.Todos os vagons modernos com o dobro da caixa,para 25 ou 30t por eixo.Ex chefe de estação e de combóios na estrela de Evora.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 6 de Setembro de 2012, 10:49
  5. Meu bom Povo:È uma pena terem encerrado as boas linhas do Alentejo,á 3o anos,e agora terem de as reparar,para os combóios de mercadorias de SINES e SETUBAL,circularem para a fronteira de Marvão,e seguirem para a Europa.Devem parar com as obras em Lisboa,pois a estação do Oriente tem boas linhas para todos os combóios,de alta velocidade. A REFER e os seus técnicos,que ponham o FOGUETE LUSITANO,a circular pela linha do Oriente,até Marvão,a melhor fronteira de Portugal.Os combóios em Portugal e Espanha,são os mais seguros no Mundo para o século vinte e um.Pelas minhas contas,são mais seguros cêrca de 14%,visto a bitola,ter mais 0,233 m,o que dá mais estabilidade aos combóios.È urgente desistirem do TGV pelo Alentejo,para bem de Portugal.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 26 de Setembro de 2012, 15:46
  6. Portugueses:A C.P. deve por a circular o TGV ou FOGUETE LUSITANO,de Lisboa Oriente a Marvão,seguindo para Madrid a 200km/h em bitola 1,668m a mais segura no Mundo.Desde o ano 1943 que os rápidos,circularam de Lisboa para Marvão,Seguindo para Madrid.Seria um desastre nacional o TGV precisar da ponte faraónica de 7km para passar o Tejo,para o Alentejo,e ir percorrer mais de 100km para o Caia.De Valencia a Madrid 391km em via dupla como nova en duas bitolas a C.P. tem a papinha feita.Julgo que a Renfe ate ofereceu o combóio.Para a C P ter rendimento em 150 anos precisa carruagens de dois pisos,vagons com o dobro da caixa,e combóios em dupla tração dos portos, de SINES e SETUBAL para a Europa.O combóio é o transporte terrestre,mais seguro,cómodo,económoco,não poluente e rápido no Mundo,para o terceiro milénio.A vida dum passageiro não tem preço.Ex chefe de estação e de combóios na estrela de Evora.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 16 de Outubro de 2012, 16:34
  7. Portugueses:A estação de Evora,no centro do Alentejo,CELEIRO DE PORTUGAL,não pode ser eliminada do TGV.Os comboios de Sines e Setubal,todos em dupla tração,circulam por EVORA.(Património Mundial).Pode ser a estação para cruzamentos,e tomar material para a Europa.As linhas são das melhores no ,mumdo.Evora foi o fim da minha carreira.Mauricio Arrais.

    Por Mauricio Arrais | 9 de Novembro de 2012, 15:59
  8. Èvora pode ser o CENTRO FERROVIÀRIO DO SUL.Tem condições até para construir um ramal para a zona industrial.As cidades do Alentejo devem ser servidas por inter cidades a 200km/h,com ligações para Lisboa e Madrid.Agora os alentejanos que tenham paciência o desejado TGV tem as linhas melhores por Lisboa a Marvão Madrid sempre em bitola 1,668m,a melhor do Mundo.Evora tem boas linhas para cruzamentos e ultrapassagens de comboios em dupla tração e até de resguardo.Só em 130 anos circularam pelo ramal de Caceres,perto de 200.000 comboios.Desde 1943 á 70 anos curcularam perto de 51,100 comboios rápidos de Lisboa para Marvão e Madrid,sem graves acidentes.Estes numeros mostram bem que Marvão é a melhor fronteira para a Europa.Ex chefe de estação e de comboios na estrela de Èvora.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 19 de Novembro de 2012, 15:44
  9. Querem que eu comente:Os comboios em Portugal e Espanha são os mais seguros no mundo,para o terceiro milenio,em bitola 1,668m,a mais larga,que dá mais estabilidade aos comboios a 220km/h.O COMBOIO É O TRANSPORTE DO FUTURO.Em 150 anos a C P nunca teve lucro.Com as linhas com travessas de betão,iletrificadas,com carruagens de dois pisos e vagons com o dobro da caixa para 25 ou 30 t por eixo,pode ter rendimento.O Estado pagar todos os transportes sem reduções.Os ferroviarios só terem descontos,mulher e filhos.A CP tem sido a empresa dos transportes á borla.A maior despesa tem sido ao longo de 150 anos a conservação das linhas,com muito pessoal.A Refer que tome bem nota nos numeros de comboios que mencionei nos comentarios anteriores.Em 1980 encerraram 800 km de linhas rentaveis no Alentejo que era o CELEIRO DE PORTUGAL,e até da Alemanha em 1940,e a linha da B Alta e B Baixa as mais pobres,foram iletrificadas.Os 2800 km de auto estradas,cemiterios de Portugal,vieram acabar por arruinar a CP.ou esta irá arruinar a Ródovia.num futuro proximo,com todo o material moderno.Mauricio Arrais.Abrantes.

    Por Mauricio Arrais | 18 de Dezembro de 2012, 16:27
  10. Os comboios de mercadorias em dupla tração de Sines e Setubal circulam por Evora via Portalegre para Marvão,seguindo para a Europa.De Valencia a Madrid,a linha foi inaugurada em 2010 em via dupla para as duas bitolas para velocidades na ordem dos 300 km/h,e tem uma extensão de 391 km.

    Por Mauricio Arrais | 21 de Dezembro de 2012, 16:48
  11. Se a fronteira de Marvão,é a melhor para a Europa,uns 200km, não percebo quererem a entrada pelo Caia,mais longe uns 100km.As linhas estão construidas á mais de 130 anos.Pelo Caia será a ruina da C P.

    Por Mauricio Arrais | 9 de Fevereiro de 2013, 17:43

Comentar