Cidades

O Futuro das Cidades

Foi apresentado, no dia 20 deste mês, no Museu Nogueira da Silva, no centro de Braga, a obra “O Futuro das Cidades“, pelo autor e vice-reitor para a Inovação e Empreendorismo da Universidade do Minho, José Mendes.

Sinopse do livro

Embora seja comum a ideia de que as cidades se tornaram congestionadas, poluídas, inseguras e desiguais, o fluxo contínuo de pessoas que trocam as áreas rurais por áreas urbanas, em busca de melhores oportunidades, demonstra que a vida nas urbes é uma proposta de valor sem concorrência. Este ensaio pretende endereçar a temática da adaptação das cidades a um mundo em profunda transformação. Não é um tratado urbanístico e não é um exercício de desenho futurista. Dedica-se, simplesmente, à tarefa de propor um conceito de futuro para as cidades do presente.
Partindo da análise de sete mega-tendências globais, José F. G. Mendes sintetiza um elenco de desafios que se colocam às cidades e, a partir daí, propõe um conceito inovador: a Cidade Incubadora. Esta formulação assenta em cinco dimensões do sucesso: a cidade intelectual, a cidade inovadora, a cidade conectada, a cidade sustentável e a cidade autêntica, coroadas pelo tridente visão-liderança-marca. A obra ambiciona chegar àqueles que vivem a cidade, que a pensam, que a planeiam e que a gerem. Mas encontrará certamente um eco redobrado nos que a olham para além do tangível, como um espaço vibrante e aberto de criação de valor e de realização pessoal.

Nota Biográfica do Autor

É professor catedrático de Sistemas Regionais e Urbanos na UMinho, onde ocupa o cargo de vice-reitor para a Inovação. Ao longo da sua carreira, foi consultor para questões do planeamento do território em diversas instâncias nacionais e internacionais, como o Governo Português, o Governo Regional dos Açores, a Agência Portuguesa do Ambiente, a CCDR-Norte, o Gabinete para a Mobilidade Eléctrica, dezenas de municípios, a Comissão Europeia, a European Training Foundation, o Natural Environment Research Council (Reino Unido), entre outros. Foi docente e investigador convidado na Universidade de Bolonha (Itália), na Universidade de São Paulo (Brasil), na Silesian Technical University (Polónia) e na Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique). É autor de vários livros e de cerca de setenta artigos científicos.

Fonte: Universidade do Minho Imagens: Paulo Spranger/Global Imagens / Diário de Notícias e Universidade do Minho

Comentários

Sem comentários.

Comentar