Notícias

Porto é a cidade mais barata para estagiar em Portugal

A plataforma online para alojamento de estudantes universitários, Uniplaces, acaba de lançar um estudo desenvolvido com base nos dados da InternsGoPro, que revela qual o custo médio de vida para os estagiários em 24 cidades da europa, tendo em conta os custos médios de alojamento, transporte e alimentação.

Os resultados indicam que o Porto é a cidade mais barata, onde 500 euros são suficientes para fazer face aos custos básicos de vida, e que, na cidade de Lisboa, é necessário um estagiário auferir 650 euros mensais para conseguir sustentar-se na capital.

Segundo André Rodrigues Pereira, Country Manager da Uniplaces em Portugal: “Os estágios são, nos dias de hoje, a forma mais rápida de os licenciados acederem ao mercado de trabalho e começarem a contactar com a realidade empresarial. No entanto, é muito importante que a remuneração média mensal auferida seja suficiente para garantir a autonomia financeira. Estes dados da Uniplaces têm como base os custos de vida básicos de casa, alimentação e deslocações casa-trabalho.”

Em Espanha, na cidade de Madrid, por exemplo, os estagiários deveriam receber 700 euros por mês para fazer face às suas despesas, comparativamente aos 400 euros auferidos, em média.

Este estudo, que analisou 24 cidades europeias, mostra que os locais onde os estagiários deveriam receber uma remuneração mais elevada são Paris, com 1.050 euros, Londres, com 1.000 libras e Bayern, com 830 euros.

Fonte: Uniplaces via Cátia Gil – Corpcom | Imagem (ilustrativa): Barcex via Wikimedia


Outros Artigos Interessantes:

As Diabólicas Máquinas de Construção Russas - Tomo 1
As Diabólicas Máquinas de Construção Russas - Tomo 2
Japão Realiza Testes de Resistência Estrutural em Centrais Nucleares
Vencedores dos Prémios Construir 2011
Governo vai Pagar Dívida do Metro do Porto
FCTUC com o Melhor Curso de Engenharia Civil
Macário Correia Lembra Urgência de Obras na EN125
Garland transpõe relvados do Boavista FC e Centro de Treinos do FC Porto

Comentários

Sem comentários.

Comentar