Notícias

Tyvek comemora 50 anos

Desenhado em 1967, o DuPont Tyvek é um material não-tecido dirigido a roupas de proteção química, combinando propriedades de barreira química, durabilidade e respirabilidade. Hoje, com mais de 200 milhões de peças de vestuário e acessórios vendidos em todo o mundo e com o desenvolvimento anual de outras inovações, a DuPont Protection Solutions é um dos líderes mundiais em vestuário de proteção química.

Em 1955, Jim White, pesquisador da DuPont, descobriu uma nova fonte de fibra que dará lugar à Tyvek. Alguns anos mais tarde, um programa de pesquisa e desenvolvimento liderado por Herbert Blades deu origem ao registo da patente de polietileno de alta densidade. O processo de produção único DuPont flash spinning origina fibras contínuas distribuídas aleatoriamente numa única direção.

Em abril de 1967, nasce a marca Tyvek. Os benefícios reconhecidos do material branco Tyvek residem na sua mistura única de propriedades. Combinando conforto e durabilidade, a sua estrutura demonstra ser uma excelente barreira contra uma vasta gama de partículas secas e produtos químicos líquidos.

Hoje são vendidos em cada ano vários milhões de peças de vestuário DuPont Tyvek. Nos últimos 50 anos, tem desempenhado um papel significativo em todo o mundo, ajudando a dar resposta em situações de emergência em múltiplos tipos de catástrofe: proteger os trabalhadores da área da saúde na África Ocidental no caso do vírus Ébola, nas operações de limpeza no rescaldo do tsunami no Japão, e inclusivamente nas centrais de energia nuclear de Fukushima, etc.

Este vestuário de proteção DuPont Tyvek estabelece o padrão de proteção contra o risco de partículas secas, incluindo as fibras de amianto, poeira de chumbo, etc, podendo também ser usado em salas limpas (cleanrooms).

Neste tipo de vestuário do tipo 5 e 6, a DuPont Protection Solutions mediu a permeabilidade do material de Tyvek face a mais de 40 produtos químicos, mesmo quando a norma requer apenas tais testes para o vestuário do tipo 4. No que diz respeito à penetração de partícula fina, a norma especifica um índice de penetração inferior a 15%. Tyvek Classic Xpert teve como resultado uma penetração de apenas 1%, resultados que ultrapassam largamente os requisitos estabelecidos na norma.

 

Fonte: Tyvek via Margarida Portugal – Consuelo Torres Comunicación SL


Outros Artigos Interessantes:

Construção nos Estados Unidos Atinge Mínimo Histórico
Governo vai Pagar Dívida do Metro do Porto
Os Dumpers Devem Estar Loucos – Parte 3
Curso Monitorização por Métodos Geodésicos e LASER
Painéis de Protecção para Furacão Irene
Sector da Construção em Negativo em Julho
Barragem de Foz Tua em Impasse Ambiental
Portugal entre os quatro países com maior desequilíbrio entre competências que os empregadores procu...

Comentários

Sem comentários.

Comentar